Cancro da Mama

Informações sobre o cancro da mama.

Perspectivas

Para o cancro da mama, a taxa de sobrevivência após cinco anos de diagnóstico situa-se desde os 90%, quando o cancro tiver sido removido na sua fase inicial, até um mínimo de 10%, caso tenha disseminado a outras partes do corpo por ocasião do diagnóstico.

Tratamento

Há vários métodos possíveis de tratamento, que vão desde a excisão do tumor, apenas, até vários tipos de mastectomia, radioterapia, quimioterapia e medicamentos para controlo do nível hormonal. A escolha depende do tipo e da fase do cancro, da idade da mulher e da sua opção. Muitas vezes, usam-se simultaneamente dois ou mais métodos. Processos novos tornaram possível a reconstrução da mama, que constitui parte importante da reabilitação. Nos últimos anos, tem-se caminhado no sentido de um maior reconhecimento das consequências emocionais do cancro da mama. Na actualidade, os médicos conhecem melhor as preocupações das doentes em relação a intervenções cirúrgicas e a um possível desfiguramento. Acresce ainda que há grupos de auto-ajuda, que proporcionam às mulheres um fórum para discussao e apoio.

Mamografia

Numa mamografia, ou radiografia da mama, comprime-se suavemente a mama entre duas chapas plásticas, expondo-a a um feixe fraco de raios X. Esta técnica permite a defecção do cancro da mama numa fase inicial.