Cancro da Mama

Informações sobre o cancro da mama.

Rastreio do cancro da mama

Os resultados do rastreio do cancro da mama têm sido encorajantes. Num estudo realizado, 20000 mulheres de 40 a 64 anos foram examinadas por médicos e realizaram mamografia (raios X). Dez anos após o início do estudo, a mortalidade para o cancro da mama entre as mulheres observadas foi reduzida em cerca de 25%, em comparação a um grupo equivalente de mulheres não observadas: houve 146 mortes devidas a cancro da mama no grupo objecto de rastreio e 191 mortes pela mesma causa num grupo não objecto de rastreio.

Cerca de um terço dos cancros da mama detectados por intermédio da mamografia encontravam-se em fase de evolução inicial.

Rastreio do cancro da mama

Há pouca controvérsia quanto ao valor da mamografia; o equipamento e as técnicas melhoraram nos últimos anos, bem como a experiência da interpretação das imagens. Todavia, a mamografia não pode diagnosticar definitivamente o cancro.

A mamografia - muitas vezes anteriormente à palpação de um caroço - torna aparentes as áreas onde um cancro poderá encontrar-se e em relação às quais será necessário conduzir investigação ulterior (por exemplo, uma biopsia)